Feb 18, 2009

Obrigação sim, mas de coração

Uma das coisas que tenho aprendido e venho aprendendo na universidade é conseguir motivação de onde não se consegue tirar nenhuma... [Isso me lembra o que escutei de um professor: "a motivação vocês já tem! Passaram no vestibular para estarem aqui!" Eu nunca olhei por esse lado, mas concordei na hora...] Estranho isso?! Deveria ser, mas não é mesmo... Totalmente normal! Principalmente quando você se encontra numa universidade pública onde muitos professores não ligam para o ensino, são desatualizados e ainda conseguem colocar o aluno para trás quando ele faz alguma coisa legal! Impressionante, né?! Eu também acho!

Nas últimas semanas (e diria meses até), acho que nunca me senti tão dedicada à universidade e talvez nem tão
empolgada! Acho que a miséria me motiva... oO Isso sim é curioso... Sabe quando você faz parte de um lugar e se sente obrigado a realizar algumas coisas por ele?! Me sinto exatamente assim! Faço parte da universidade - ativamente, diga-se de passagem - e sou cheia de deveres e obrigações, como qualquer um, mas acho que o diferencial é a motivação... Tenho obrigações sim, faço as coisas por obrigação, sim; mas não somente... Faço também de coração e acho que aí está o diferencial e de onde surge a minha estranha motivação!

Até hoje em minha vida procurei fazer as coisas com amor, até mesmo as obrigações! Fazer tudo da "forma mais perfeita"! Acho que é por isso que tantas dão certo! Às vezes é necessário meter a cara num desconhecido tão desesperador que não sei como crio coragem! Mas ainda bem que crio! :D E o melhor é que não estou sozinha nisso, então a motivação aumenta em uma proporção geométrica! [Isso foi nerd! :P]


É disso que a universidade precisa, não somente é claro, mas se tivéssemos esse pouquinho seria um grande avanço! Já pensou quando você assistisse uma aula e conseguisse enxergar nos olhos do professor que ele está ali porque gosta do que faz, saber e ver que ele passou algumas horas, pelo menos, da vida dele preparando aquela aula?! Isso seria ideal, mas não é real, pelo menos não na totalidade. Claro que existem professores que você ver e sente essa emoção (eu já tive alguns), mas esses são minorias...

Então a solução é mecham-se... Chega de ficar esperando o brilho nos olhos dos outros... Seja esse brilho! Agora não vou enganar niguém, cansa! Às vezes dá vontade de desistir, mas nesses momentos o Espiríto Santo manda alguém ou alguma situação que faz a motivação voltar!

Seja a diferença! Ah, e nada de fazer porque é uma obrigação, tudo fica mais gostoso se feito com o coração! Pode confiar! ;D

Ah... Lembrei! É como um filme que assiti quando adolescente e que me marcou profudamente [não, não foi Meu Primeiro Amor! :P], o nome é A Corrente do Bem, onde um menino tem a fantástica idéia de ajudar 7 pessoas e essas ficam na obrigação de ajudar mais 7... [Nem sei se o número é esse, mas 7 é o número da perfeição então tá valendo!]... Você estando motivad@, consegue motivar outras pessoas, e quem sabe aquela aula lá num se torna melhor?!

P.S.: Pela foto dá pra ver que são 3 pessoas e não 7! huashuashuahsuahsuashaushaus

4 comments:

Evellyn said...

Ah detalhe! O título e também a inspiração veio de um fera! Então agradeço que mesmo inconscientemente acabou me motivando!!!!!

Hell said...

Eita... eu ja assisti esse filme.

Mas devo lembrar q o Haley Joel Osment (esse moleke aew) so atua em filme de doido... hehehe

CrisDu said...

Parabéns pelo post!
Está coberta de razão!
"Quem acredita sempre alcança..."
"Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena acreditar nos sonhos que se tem, ou que seus planos nunca vão dar certo"

Beijos

Fernando SC Pimentel said...

Querida afilhada, ainda bem que fui eu, em minhas aulas de Ensino Religioso, que passei o filme para você assistir, ainda no Amparo.

Parabéns pela iniciativa do blog.

Espero que você descubra como esta interface é poderosa, quando sabemos utilizá-la, evidentemente.

Espero que você continue crendo: em Deus, na humanidade e em você.

Viver na Universidade é uma experiência maravilhosa, se você descobre qual o caminho e se oportuniza outros a caminhar com você.

Parabéns por seres quem és: Filha amada de Deus.

Peço somente que você continue ajudando outras pessoas a encontrarem, por trás das máscaras, a sua verdadeira identidade.

Um abraço.
Fernando Pimentel
Deus continue te abençoando!

Labels

Followers

Contributors